Mudando o foco na LIDER

O Laticínio Nova Esperança do Paraná, dono da marca Leite Líder,
resolveu mudar de foco para aumentar sua rentabilidade. A família Stuani
entregou a condução da reestruturação à consultoria Galeazzi & Associados.
Desde o fim de 2001, a redução de custos foi severa: 25% dos funcionários
(150) foram demitidos. O caminho escolhido para crescer é semelhante ao
percorrido por outros laticínios brasileiros: não depender tanto da
fabricação de longa vida - produto em que a disputa é ferrenha entre
companhias grandes ou regionais - e mudar o foco para lácteos de maior
valor agregado. Uma das principais iniciativas para a mudança é a reforma
e ampliação da fábrica de Nova Esperança, PR, na qual haverá aporte de R$
1,5 milhão. A unidade produzirá bebidas lácteas, requeijão e queijos. "A
idéia não é abandonar o leite longa vida, mas depender cada vez menos
dele", afirma José Assumpção Bucci Casari, consultor da Galeazzi e hoje
principal executivo da Líder. Os mercados mais importantes para a empresa
continuarão a ser São Paulo, Paraná e Santa Catarina. A captação de leite
deverá continuar em torno de 600 mil litros por dia, mas a meta é fazer
com que o faturamento médio mensal cresça de R$ 15 milhões para R$ 19
milhões, diz Casari. Durante muito tempo, a Leite Líder esteve nas listas
de especulações sobre possíveis aquisições de estrangeiros no mercado
nacional. Chegou a contratar a PricewaterhouseCoopers para buscar um sócio
em 2000. Os rumores do mercado apontava como principais interessadas
empresas argentinas, agora em crise. "No momento, as negociações estão
paradas", afirma Casari.

Fonte: Valor Economico

Publicada em quarta-feira, 24 de julho de 2002



Clique em alguma Notícia para saber mais:
Piracanjuba lança Pirakids Vitamina
Cresce em 4,23% a aquisição de leite pelas indústrias de MS em 2014
Produtor de leite em SC recebe em março 6,25% mais de laticínios
Água
Com preços congelados há 3 anos, produtores de leite desafiam setor
Justiça bloqueia bens de empresas investigadas por fraude no leite
Cresce em 4,23% a aquisição de leite pelas indústrias de MS em 2014
Governo prepara programa para melhorar qualidade do leite
Promotor fala sobre Operação Leite Adulterado
Produção de leite mais que dobrou nos últimos 15 anos no Brasil
Presos por fraude no leite deixam Presídio Estadual de Erechim, RS
Coonai investe R$ 2 mi em central de leite em Patrocínio
Por que o preço internacional dos alimentos está caindo?
Funcionários fazem protesto em frente à antiga Laticínios Bom Gosto em Garanhuns
Operação da PF apreende mais de duas toneladas de queijo adulterado
Produtos de maior valor agregado colaboram para aumento do lucro da Vigor
EUA: 66% das vendas de laticínios vêm de 3% das fazendas
Rio Grande do Sul quer resgatar credibilidade do setor leiteiro
Coonai investe R$ 2 mi em central de industrialização de leite em SP
IGL apresenta projetos de lei para setor lácteo gaúcho
Sucesso de atividade leiteira vai além de ajustes nos preços do mercado
Funcionários da Lactalis mantêm greve
Diretor visita cooperativa de produção de laticínios
Argentina está em vias de desaparecer do mercado mundial de laticínios
Polo defende que curso de Laticínios da SETREM é vital para o desenvolvimento do setor no Estado
Tecnologia social Balde Cheio aprimora produção de leite no RS
Tendência: leite sem lactose envasado assepticamente
Leite: mercado sinaliza melhora em 2015
Valor do litro do leite terá reajuste de até 12% em Mato Grosso do Sul
Cartel do iogurte recebe multa milionária



Para ver um histórico com todas as notícias, clique aqui.



















  




Em sua opinião, qual seria o melhor presidente para o agronegócio do leite?

Aécio Neves

Dilma Rousseff

Nao sei

  [ Votar ]
  [ Resultado ]

LATICINIO.NET - www.laticinio.net - laticinio@laticinio.net
Rua Dr. Ávila, 25 / 302 - Paineiras - Juiz de Fora - MG - CEP 36016-100
Telefone: (32) 9928-2478
Developed by