Fiscais voltam a laticínio suspeito de misturar água no leite

Primeiro laudo apontou que produto distribuído pela Nova Mix estava adulterado
20/06/2011 - 11:29

Da redação
Quatro fiscais do Ministério da Agricultura voltarão a vistoriar, na tarde desta segunda-feira (20), o laticínio da Nova Mix, em Campo Belo. De acordo com a Polícia Federal, a empresa é suspeita de misturar água no leite vendido. O resultado da análise das amostras recolhidas deve sair em duas semanas. Caso seja comprovada alguma adulteração, o laticínio pode ser interditado. A Vigilância Sanitária da cidade disse não ter tomado medidas porque aguarda um posicionamento da Superintendência Regional de Saúde.

“Ouro Branco Dois”

Os agentes vistoriaram o laticínio na última sexta-feira (17), na operação batizada de “Ouro Branco Dois”. Segundo a Polícia Federal, um laudo apontou que o leite longa vida distribuído pela Nova Mix estava adulterado. A primeira operação "Ouro Branco", que aconteceu em outubro de 2007, prendeu diretores e recolheu produtos do mercado de duas cooperativas de Minas Gerais: a Casmil, de Passos e a Coopervale, de Uberaba, no Triângulo Mineiro.

Posição

Em nota oficial, a Nova Mix informou que não há evidências de adulteração no produto. O diretor comercial da empresa, Mauricio Cardoso Franco, garante que o leite produzido tem qualidade. Houve uma orientação da própria empresa para que as vendas sejam interrompidas até a chegada dos fiscais.

Fonte: eptv.globo.com

Publicada em segunda-feira, 20 de junho de 2011



Clique em alguma Notícia para saber mais:
SEMINÁRIO TÉCNICO CAP-LAB
Rabobank prevê recuperação de preços lácteos apenas no 2º semestre
Sangue francês na produção de leite do país
Fundação Banco do Brasil libera R$ 247 mil para fábrica de leite em MG
Estímulos à produção de leite precisam incluir metas de desburocratização
Leite no centro das prioridades
A importância da produção de leite e carne
Piracanjuba lança Pirakids Vitamina
Cresce em 4,23% a aquisição de leite pelas indústrias de MS em 2014
Produtor de leite em SC recebe em março 6,25% mais de laticínios
Água
Com preços congelados há 3 anos, produtores de leite desafiam setor
Justiça bloqueia bens de empresas investigadas por fraude no leite
Cresce em 4,23% a aquisição de leite pelas indústrias de MS em 2014
Governo prepara programa para melhorar qualidade do leite
Promotor fala sobre Operação Leite Adulterado
Produção de leite mais que dobrou nos últimos 15 anos no Brasil
Presos por fraude no leite deixam Presídio Estadual de Erechim, RS
Coonai investe R$ 2 mi em central de leite em Patrocínio
Por que o preço internacional dos alimentos está caindo?
Funcionários fazem protesto em frente à antiga Laticínios Bom Gosto em Garanhuns
Operação da PF apreende mais de duas toneladas de queijo adulterado
Produtos de maior valor agregado colaboram para aumento do lucro da Vigor
EUA: 66% das vendas de laticínios vêm de 3% das fazendas
Rio Grande do Sul quer resgatar credibilidade do setor leiteiro
Coonai investe R$ 2 mi em central de industrialização de leite em SP
IGL apresenta projetos de lei para setor lácteo gaúcho
Sucesso de atividade leiteira vai além de ajustes nos preços do mercado
Funcionários da Lactalis mantêm greve
Diretor visita cooperativa de produção de laticínios



Para ver um histórico com todas as notícias, clique aqui.



















  




Em sua opinião, qual seria o melhor presidente para o agronegócio do leite?

Aécio Neves

Dilma Rousseff

Nao sei

  [ Votar ]
  [ Resultado ]

LATICINIO.NET - www.laticinio.net - laticinio@laticinio.net
Rua Dr. Ávila, 25 / 302 - Paineiras - Juiz de Fora - MG - CEP 36016-100
Telefone: (32) 9928-2478
Developed by