Fiscais voltam a laticínio suspeito de misturar água no leite

Primeiro laudo apontou que produto distribuído pela Nova Mix estava adulterado
20/06/2011 - 11:29

Da redação
Quatro fiscais do Ministério da Agricultura voltarão a vistoriar, na tarde desta segunda-feira (20), o laticínio da Nova Mix, em Campo Belo. De acordo com a Polícia Federal, a empresa é suspeita de misturar água no leite vendido. O resultado da análise das amostras recolhidas deve sair em duas semanas. Caso seja comprovada alguma adulteração, o laticínio pode ser interditado. A Vigilância Sanitária da cidade disse não ter tomado medidas porque aguarda um posicionamento da Superintendência Regional de Saúde.

“Ouro Branco Dois”

Os agentes vistoriaram o laticínio na última sexta-feira (17), na operação batizada de “Ouro Branco Dois”. Segundo a Polícia Federal, um laudo apontou que o leite longa vida distribuído pela Nova Mix estava adulterado. A primeira operação "Ouro Branco", que aconteceu em outubro de 2007, prendeu diretores e recolheu produtos do mercado de duas cooperativas de Minas Gerais: a Casmil, de Passos e a Coopervale, de Uberaba, no Triângulo Mineiro.

Posição

Em nota oficial, a Nova Mix informou que não há evidências de adulteração no produto. O diretor comercial da empresa, Mauricio Cardoso Franco, garante que o leite produzido tem qualidade. Houve uma orientação da própria empresa para que as vendas sejam interrompidas até a chegada dos fiscais.

Fonte: eptv.globo.com

Publicada em segunda-feira, 20 de junho de 2011



Clique em alguma Notícia para saber mais:
Em SC, quatro lotes de leite com soda cáustica são retirados de circulação
Aurora lança o queijo minas padrão inteiro e meia lua
CNA cobra compromisso de candidatos com agronegócio
Castrolanda/Batavo se prepara para começar a funcionar em Itapetininga
Interleite reúne setor leiteiro em Uberlândia
Vinte suspeitos de adulterar leite são presos em operações em SC e RS
Cooperativas do leite buscam retomar confiança da população
Preço do leite dispara e já pesa no orçamento familiar
Lote do leite contaminado com formol não é encontrado em Criciúma
Catarinense Ordemilk compra operação no Brasil da Boumatic, fabricante norte-americana de equipamentos para cadeia do leite
Projeto de melhoria da qualidade do leite é discutido na Seagro
Assistência Técnica potencializa a produção de Leite em Alagoas
Vaca produz 216 quilos de leite em três dias e vence torneio da Expogua
Russos compram queijos na Suíça enquanto ainda podem
Preço do leite ao pecuarista sobe mais que o custo no primeiro semestre de 2014
PepsiCo Vai explicar bactéria em Toddynho ao Estado
No PR, produtores de leite reclamam de pagamentos atrasados
Cooperativa conhece fábrica produtora de leite em pó no RS
Dívida milionária da Brasil Foods será recalculada
Vigilância sanitária de SC recolhe lote de leite contaminado com formol
Preço do leite ao produtor se mantém estável em Julho/14: R$ 1/Litro
MCDonald's realiza parceria com Danone e inclui danoninho no cardápio
Nova Zelândia aposta no setor de lácteos nacional
Nova Zelândia firma acordo com FAEG para impulsionar produção de leite em Goiás
MP destaca a idoneidade das cooperativas lácteas
PIRACANJUBA REÚNE PRODUTORES DE LEITE EM BELA VISTA, GO
Superintendente do Mapa no RS minimiza álcool no leite Piá
Produtores de leite finalizam Programa Negócio Certo Rural
Tecnologia promete leite mais barato
Produtores de leite participam de curso



Para ver um histórico com todas as notícias, clique aqui.



















  












  [ Votar ]
  [ Resultado ]

LATICINIO.NET - www.laticinio.net - laticinio@laticinio.net
Rua Dr. Ávila, 25 / 302 - Paineiras - Juiz de Fora - MG - CEP 36016-100
Telefone: (32) 9928-2478
Developed by